ATOS 9.10-19 – O VALOR DE UM HOMEM NAS MÃOS DE DEUS!

ATOS 9.10-19 

10 Em Damasco havia um discípulo chamado Ananias. O Senhor o chamou numa visão: “Ananias! ” “Eis-me aqui, Senhor”, respondeu ele. 

11 O Senhor lhe disse: “Vá à casa de Judas, na rua chamada Direita, e pergunte por um homem de Tarso chamado Saulo. Ele está orando; 

12 numa visão viu um homem chamado Ananias chegar e impor-lhe as mãos para que voltasse a ver”. 

13 Respondeu Ananias: “Senhor, tenho ouvido muita coisa a respeito desse homem e de todo o mal que ele tem feito aos teus santos em Jerusalém. 

14 Ele chegou aqui com autorização dos chefes dos sacerdotes para prender todos os que invocam o teu nome”. 

15 Mas o Senhor disse a Ananias: “Vá! Este homem é meu instrumento escolhido para levar o meu nome perante os gentios e seus reis, e perante o povo de Israel. 

16 Mostrarei a ele o quanto deve sofrer pelo meu nome”. 

17 Então Ananias foi, entrou na casa, impôs as mãos sobre Saulo e disse: “Irmão Saulo, o Senhor Jesus, que lhe apareceu no caminho por onde você vinha, enviou-me para que você volte a ver e seja cheio do Espírito Santo”. 

18 Imediatamente, algo como escamas caiu dos olhos de Saulo e ele passou a ver novamente. Levantando-se, foi batizado 

19 e, depois de comer, recuperou as forças. Saulo passou vários dias com os discípulos em Damasco. 

Grande Ideia: O homem nas mãos de Deus ouve a voz do Senhor e abre mão de seus sentimentos e conhecimento para agir em submissão e obediência.    

INTRODUÇÃO: 

No Velho Testamento um profeta reconhecido em Israel, por nome Jonas, foi chamado por Deus para pregar na cidade de Nínive, à época, a capital de um país inimigo de Israel e que já havia causado muitos danos ao povo de Deus. Jonas, recusou-se a ouvir a Deus e tentou fugir da sua presença. Jonas causou muitos males às pessoas com as quais conviveu depois de sua decisão de afastar-se de Deus. Ainda assim, Deus nos revela no livro daquele profeta, que a salvação vem do Senhor e que ele deseja que todos se arrependam de seus pecados e sejam salvos. Jonas precisou ser engolido por um grande peixe para, ainda que pela força, obedecer ao Senhor e ver toda a cidade se arrepender. 

Agora, no Novo Testamento, Deus chama outro homem para ajudar alguém que era conhecido como inimigo da igreja. O herói esquecido Ananias. Em Atos 22.12, falando sobre sua conversão, Paulo cita o judeu Ananias, a quem chamou de homem “piedoso conforme a lei” e que tinha um bom testemunho das pessoas que o conheciam. Um judeu convertido a Jesus. Dedicado à sua igreja. Um homem de quem não se sabe mais nada. Mas que foi usado por Deus para recepcionar Paulo e ajudá-lo no seu discipulado.  Ananias é o homem nas mãos de que ouviu a voz do Senhor, abriu mão de seus sentimentos e conhecimentos, para agir em submissão e obediência atendendo a Paulo. Sua participação nesta história nos inspira. Vamos aprender 3 lições com ele: 

1. O HOMEM NAS MÃOS DE DEUS OUVE A VOZ DO SENHOR. 

10 Em Damasco havia um discípulo chamado Ananias. O Senhor o chamou numa visão: “Ananias! ” “Eis-me aqui, Senhor”, respondeu ele. 

11 O Senhor lhe disse: “Vá à casa de Judas, na rua chamada Direita, e pergunte por um homem de Tarso chamado Saulo. Ele está orando; 

12 numa visão viu um homem chamado Ananias chegar e impor-lhe as mãos para que voltasse a ver”. 

Para algumas pessoas na Bíblia, Jesus apareceu e falou de modo especial por meio de visões. Ananias é um desses. Ele ouviu a voz do Senhor de forma especial. A expressão “O Senhor” nesta passagem se refere a Jesus. No verso 17, Ananias confirma isso. Ananias é um servo dedicado a conhecer a Deus pela sua Palavra, um homem devoto, um homem de oração, de boa reputação, um crente fiel a Jesus Cristo. Agora, nestes versos, aprendemos algumas lições com ele: 

a. Era um homem sensível à voz de Cristo. Jesus escolheu alguém da cidade de Damasco que tinha bom testemunho dos de fora e que era piedoso. Um crente dedicado. Um homem temente a Deus, que com certeza, conhecia as Escrituras e servia a Cristo por meio da igreja. É possível que ele tenha chegado a Damasco fugindo da perseguição em Jerusalém, e nesta jornada, tenha compartilhado Jesus pelo caminho. Foi àquele que buscava de perto a Cristo que o próprio Cristo apareceu e convocou para uma missão. 

b. Era um homem disposto. O verso 10 afirma que tão logo ouviu a voz de Jesus lhe chamando, Ananias disse: “Eis-me aqui, Senhor”. Em Isaías 6, diante da visão de Deus em seu trono, apenas depois de ter sido purificado de seu pecado, o profeta Isaías pôde ouvir a voz de Deus que buscava um mensageiro. Só então, com a vida santa, Isaías tinha condições de colocar-se à disposição de Deus e disse palavras semelhantes: “eis-me aqui, envia-me”. 

Os versos 11 e 12 relatam a ordem de Jesus dada a Ananias. Ele devia procurar Saulo na casa de certo Judas, numa rua chamada Direita. Esta era uma grande rua da cidade de Damasco dividida em três partes, um meio-fio central por onde se movia o trânsito e duas calçadas para os pedestres caminharem e onde os mercadores, sob toldos de lona, sentavam-se em seus pequenos negócios e ofereciam suas mercadorias. Neste local designado, estaria Saulo, já preparado por Deus para receber a visita de Ananias e ser por ele ministrado e orientado. 

A experiência de Ananias não é a nossa! No entanto, ainda precisamos ser pessoas sensíveis à voz de Cristo. E nós a ouviremos na medida que conhecemos mais a nossa Bíblia, nos afastamos mais de nossos pecados e em oração, aprofundamos nossos relacionamentos com Jesus. Quando a vida cristã for para você, mais do que um passeio ao templo para alguns momentos de entretenimento, mas, de fato, ela se tornar um relacionamento pessoal com Jesus, em que você o conhece, por orar e conhecer sua santa palavra, então sim, você poderá ouvir a voz do Senhor saindo das páginas da Bíblia aos seus ouvidos espirituais, e você estará em condições de colocar-se à disposição de obedecer ao Senhor. 

2.  O HOMEM NAS MÃOS DE DEUS ABRE MÃO DE SEUS SENTIMENTOS E CONHECIMENTO. 

13 Respondeu Ananias: “Senhor, tenho ouvido muita coisa a respeito desse homem e de todo o mal que ele tem feito aos teus santos em Jerusalém. 

14 Ele chegou aqui com autorização dos chefes dos sacerdotes para prender todos os que invocam o teu nome”. 

15 Mas o Senhor disse a Ananias: “Vá! Este homem é meu instrumento escolhido para levar o meu nome perante os gentios e seus reis, e perante o povo de Israel. 

16 Mostrarei a ele o quanto deve sofrer pelo meu nome”. 

Ananias após se mostrar disposto a saber a vontade do Senhor, e após ouvir o chamado à missão de visitar e auxiliar a Saulo, agora responde ao Senhor Jesus. Mas sua resposta revela a sinceridade de seu coração. Na primeira frase de resposta no verso 13, Ananias abre seu coração. Ele fala de todo mal que Saulo tem feito aos santos de Deus em Jerusalém. A reputação de Paulo chegou antes dele em Damasco. Ananias, na sua resposta, deixa transparecer certo temor pela vida em sua resposta. No verso 14, ele diz a Jesus que Saulo tem autorização para prender a todos os que invocam o nome de Cristo. Ananias sabe que os presos estavam, muitos deles, sendo mortos. As más notícias já haviam chegado. Era como se Ananias dissesse a Jesus: “O senhor vai mesmo me colocar diante daquele que deseja me prender e me matar?!” Se fosse Jonas, você ou eu, talvez a nossa resposta fosse: Não é melhor que este homem mau que persegue a igreja morra? Assim teremos paz! 

Mas Jesus dá a resposta. E ela é muito clara! Ele disse: Vá! E na sequência revela o motivo. Saulo havia sido salvo, era agora escolhido para levar o evangelho diante das autoridades e do povo judeu e gentio. Paulo iria sofrer pelo nome de Jesus.  

No coração de Ananias estava todas as verdades que sabia sobre Saulo, e todo o medo das consequências de um encontro com aquele homem violento. Mas no chamado de Jesus, a garantia de que sua missão era ajudar um novo convertido a viver para glória de Deus. Ananias devia abrir mão do seu conhecimento e de seus conhecimentos sobre Saulo, para cumprir a missão que Jesus lhe havia dado. 

Queridos, temos de Cristo a missão de fazer discípulos de todas as nações, de batizar estes discípulos e de ensiná-los a obedecer a todas as ordens de Jesus. No entanto, o que sabemos das pessoas aliados aos nossos sentimentos em relação à elas, tudo isso, pode nos causar medo, raiva, indisposição, coisas que precisamos vencer em nosso coração para que possamos obedecer a Cristo. Se Ananias não abrisse mão do que sabia e de seus sentimentos sobre Saulo, não iria até ele. Jonas não abriu mão do que sabia sobre Nínive, e decidiu pela desobediência. Seus sentimentos pessoais foram mais fortes do que a Palavra de Deus. O desafio para você e eu é dar prioridade à vontade de Deus acima de nossos sentimentos e das coisas que julgamos saber. Obedecer é mais importante. 

3. O HOMEM NAS MÃOS DE DEUS AGE EM SUBMISSÃO E OBEDIÊNCIA  

17 Então Ananias foi, entrou na casa, impôs as mãos sobre Saulo e disse: “Irmão Saulo, o Senhor Jesus, que lhe apareceu no caminho por onde você vinha, enviou-me para que você volte a ver e seja cheio do Espírito Santo”. 

18 Imediatamente, algo como escamas caiu dos olhos de Saulo e ele passou a ver novamente. Levantando-se, foi batizado 

19 e, depois de comer, recuperou as forças. Saulo passou vários dias com os discípulos em Damasco. 

A descrição de Paulo sobre Ananias descreve que aquele homem era piedoso e de boa reputação de todos. Ananias marcou a vida de Paulo para sempre. Aquele homem simples, alguém que ficaria esquecido na história, hoje é lembrado por ser a primeira pessoa da igreja a ajudar Paulo após sua conversão. Que marca! Ele agora faz parte da biografia do apostolo. Ele entrou para a história da igreja, não por ser famoso, ou por ter riquezas, mas apenas por agir em obediência a Cristo, por ter um coração submisso que obedece ainda que não entenda tudo. Que se submete ainda que em coração haja medo. 

O verso 17 afirma: Ananias foi. Ele obedeceu. Isto é o que importa agora. Mas Ananias, que tinha muitos motivos para criticar Paulo, para repreendê-lo pelos pecados cometidos, neste primeiro contato, enviado por Cristo, sabendo que agora já é um convertido, o chama, dizendo: irmão Saulo. Quanta fé na direção dada pelo Senhor Jesus. Quanto amor e temor. Quanta disposição em derramar perdão ao novo irmão em Cristo. O perseguidor e assassino convertido, Saulo. Sua primeira frase confirmava a Paulo que Cristo, era de fato, o Senhor da sua vida. Ananias diz as palavras que Paulo havia ouvido em sua visão. As coisas batem, são confirmadas. De fato, era Jesus naquele caminho. Paulo agora tinha certeza do que lhe havia acontecido. Ele creu de coração, ao ponto de ser batizado, de se permitir ser identificado com a nova fé que abraçara – a fé em Jesus. Agora Saulo sai do jejum. Ele está completamente transformado e seguro em Cristo. Ananias fez muito bem o seu trabalho. 

Queridos, quando lemos a Bíblia e compreendemos quem Deus é, quem nos tornamos por causa de Cristo, bem como a missão que recebemos como igreja, só nos falta agir em submissão e obediência. Milhões de homens e mulheres, jovens e crianças, em todo mundo, quando se colocaram nas mãos de Deus, cumpriram a missão. Compartilharam sua fé, ajudaram novos crentes a se firmarem, conforme a Bíblia e pela oração. Gente que se reúne com amigos, gente que ora para que eles sejam salvos. Gente que compreendeu que a fé em Cristo não é para ter uma religião, mas sim para cumprir uma missão – a de fazer Cristo conhecido e obedecido. 

A igreja tem uma missão importante no cumprimento da obra de redenção deste mundo. É por meio da igreja que as pessoas conhecerão o salvador, é com a igreja que os novos crentes serão edificados em Cristo, e será a igreja que subirá para o encontro triunfal com Jesus e habitará os novos céus e nova terra.  

Você precisa agir em submissão e obediência à voz de Jesus. Porque não é todo aquele que diz, Senhor, senhor que entrará na eternidade, mas os que amam e obedecem a Cristo. 

CONCLUSÃO: 

O homem nas mãos de Deus ouve a voz do Senhor e abre mão de seus sentimentos e conhecimento para agir em submissão e obediência. Cumpra a missão que Deus lhe deu. Ore a Deus, ouça a Jesus pelas páginas da Bíblia, liberte-se de seus conceitos e sentimentos e seja instrumento de Cristo para salvação e edificação de alguém. Deus nos abençoe. 

Deixe seu comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *