Jonas 2.7 Nunca se Esqueça de Deus

Jonas 2.7

7 “Quando a minha vida já se apagava, eu me lembrei de ti, Senhor, e a minha oração subiu a ti, ao teu santo templo.

                Certa vez uma senhora, querendo justificar sua ausência e uma atividade da igreja em que eu pastoreava, aproximou-se de mim e de outro líder da igreja e disse: “meus irmãos, eu queria me desculpa por não ter vindo ontem, é que fiquei tão atarefada com outras coisas que eu me esqueci”. Antes que eu pudesse dar qualquer palavra, o outro líder disse: “Minha irmã, isto é muito triste, porque eu creio que o que a gente ama, a gente nunca esquece”.

                Jonas escolheu se esquecer do Senhor. Em Jonas, o esquecimento foi proposital. Estar na presença de Deus exigia ouvir suas palavras e ser-lhe obediente. A Palavra de Deus já havia sido dada. As ordens eram expressas e específicas para Jonas. Vá à Nínive e prega contra ela. Mas Jonas achou melhor desobedecer e fugir da presença de Deus, coisa que sabemos é impossível. Por causa da fuga, Jonas chegou ao ventre do grande peixe. Sua condição agora era desesperadora. Parece que ao perceber que ainda está com vida dentro do peixe, não há outra ação a se fazer senão reconhecer que a boa mão de Deus está agindo para salvá-lo, ainda que ele não mereça. Jonas queria se esquecer de Deus, mas Deus não deixou. A graça salvadora de Deus está se manifestando claramente no coração de Jonas. Tudo ao seu redor, por mais desesperador que fosse, fazia parte do livramento que Deus lhe trouxe.

                Nesta parte de sua oração dentro do peixe, vemos Jonas entendendo que sua morte era iminente. Neste estado de quase morte, Jonas se lembra de Deus e faz uma oração a ele.

“Quando a minha vida já se apagava, eu me lembrei de Ti, Senhor”. Às vezes me pergunto porque endurecemos tanto o nosso coração em relação a Palavra de Deus. Porque simplesmente não obedecemos? Porque é preciso esperar que algo trágico aconteça para nos lembrarmos do Senhor, e o buscarmos em oração? Porque precisamos sempre da disciplina e repreensão do Senhor para começar a agir em obediência? Queridos, não somos diferentes de Jonas. Quantos saem dos cultos num domingo a noite e, a não ser que tenha passado por alguma aflição, só se lembrará de Deus no próximo domingo a noite. Sua leitura bíblica não será diária, mas semanal; não será pessoal, mas coletiva, muitas vezes a leitura que o pastor fará na hora da mensagem. Quantos estão voluntariamente se esquecendo de Deus, se afastando de sua presença dia após dia, apenas para não ouvir o que ele tem a dizer, suas ordens, e por isso, ter que obedecer.

                Jonas sofreu por causa de seu esquecimento. Ele chegou ao fundo do poço. De lá, ele afirmou: “Eu me lembrei de Ti, e a minha oração subiu a ti”. Jonas me lembra o filho que você dá uma ordem, ele não obedece. Você disciplina, aplica um castigo, só então ele decide se lembrar do que você disse e fazer. Não seria melhor obedecer e não passar pelo castigo?

                Nosso problema é que como Jonas, só nos lembramos de Deus na hora do aperto. Muitos de nós, as vezes, nem percebe que o aperto faz parte da disciplina do Senhor sobre nós.

                Jonas afirmou que a oração subiu a Deus no seu santo templo. Esta é uma frase interessante, pois o judeu sabia que no templo em Jerusalém, as pessoas tinham que ir para cultuar a Deus, oferecer sacrifícios, clamar pelo perdão e orar. Mas, agora, Jonas sabe que há um templo onde Deus está que não está preso às paredes ou à alguma cidade. Deus pode me socorrer, me perdoar, me salvar, onde quer que eu esteja. Só preciso me lembrar de Deus, orar, e me submeter à sua vontade.

                Queridos, a vontade de Deus continua de pé. Ele nos salvou em Cristo, pela sua graça, porque não há merecimento em nós. Ele não nos salvou porque temos valor e somos bonzinhos, não! De modo nenhum. Assim como Jonas, somos merecedores do castigo e da morte. A nossa salvação é unicamente pela graça. Mas depois que somos salvos, Paulo afirmou em Efésios 2.10, que Deus criou as boas obras para que andássemos nelas. Evangelizar, cultuar ao Senhor no templo com a igreja, orar diariamente, conhecer e obedecer sua Palavra, a Bíblia, escolher amar, ser alegre e perdoar. São algumas das coisas que são vontade de Deus para nós. Então, não dá para fugir de Deus. Você não pode desistir. Desobediência levará à punição. Então, não fuja, não desista, não se esqueça! Deus está a te procurar! Seja obediente. Deus ama você, e provou isto, na pessoa de Jesus. E você, o ama? Lembre-se de Deus. O que a gente ama, a gente não esquece.

DESAFIO DE HOJE: Ore a Deus e agradeça pela sua graça e misericórdia por sua vida, demonstradas por meio de Jesus Cristo, nosso salvador e Senhor. Ore a Deus, pedindo para que jamais você se esqueça dele, ao ponto de ser necessária a disciplina. Mas se isto tem acontecido, lembre-se, Ele te ama, não desiste de você e te perdoará, quando você se lembrar dele.

                Um dia abençoado e feliz a todos. Amém.

Deixe seu comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *