Jonas 1.5-7 Pecado X Oração – De que lado você está?

Jonas 1.5-7

5 Todos os marinheiros ficaram com medo e cada um clamava ao seu próprio deus. E atiraram as cargas ao mar para tornar mais leve o navio. Enquanto isso, Jonas, que tinha descido para o porão e se deitado, dormia profundamente.

6 O capitão dirigiu-se a ele e disse: “Como você pode ficar aí dormindo? Levante-se e clame ao seu deus! Talvez ele tenha piedade de nós e não morramos”.

7 Então os marinheiros combinaram entre si: “Vamos tirar sortes para descobrir quem é o responsável por esta desgraça que se abateu sobre nós”. Tiraram sortes, e a sorte caiu sobre Jonas.

                Na história de Davi e Golias, ninguém esperava que alguém tão pequeno pudesse vencer o gigante Golias. Davi tentou usar armaduras e armas de guerra mas não teve condições de suportá-la. Apenas com a força do corpo e muita fé em Deus é que Davi vai ao encontro do Gigante. Nas suas Palavras, uma oração. Eu vou contra ti, Golias, em nome do Senhor! E uma única pedrinha foi suficiente para lhe garantir a vitória.

                Em Jonas, este profeta, o homem de Deus dentro do navio, preferiu o caminho contrário. A sua opção foi fugir da presença de Deus, sua opção foi não fazer menção do nome do Senhor. O pecado de Jonas o conduziu para a indiferença aos que estão em seu redor. Ele viu todos lutarem contra a tempestade, mas preferiu ir para o fundo e dormir. Ainda que não entendesse que o problema da tempestade tivesse como origem o seu particular pecado de desobediência e fuga, Jonas sequer se ofereceu para ajudar na solução.

O pecado de Jonas também o impedia de orar. O capitão do navio está indignado com Jonas. Todos estava orando, clamando aos seus deuses. Mas Jonas não teria um deus a quem clamar? Não poderia ele também orar quando todos estavam orando? Por incrível que pareça, na verdade, Jonas era o único no barco que conhecia o Deus verdadeiro, mas escolheu distanciar-se dele. É curioso notar que todos no barco querem se aproximar de um deus, ainda que falso, mas Jonas quer se distanciar de Deus, o verdadeiro.

Nas palavras do capitão do barco, havia esperança de que um deus faça a diferença. Se os deuses em que acreditavam não tinham poder para mudar a situação, talvez o deus de Jonas pudesse. Na mente daqueles marinheiros, provavelmente, homens beberrões, talvez violentos e imorais, havia uma ideia. O pecado de um de nós deve estar causando isso. É até engraçado perceber que os homens sem Deus, tem consciência de que seus pecados trazem consequências ruins, mas o homem de Deus naquele barco, não consegue enxergar isso.

Sortes são lançadas, e Deus faz com que caia sobre Jonas. Caiu a ficha, Jonas? Consegue compreender que é Deus atrás de você?

Queridos, quem pertence a Deus não pode viver longe dele. As consequências de quem tenta se afastar do Senhor são terríveis. Quando a dor e os problemas dos que estão sem Jesus não nos afeta, nem nos conduz à oração, isto é um sinal ruim. E sintoma de que estamos nos afastando de Deus de forma voluntária.

Quando um servo de Deus se afasta da oração o pecado é que governará nossas mentes e ações, e que também nos levará a distancias maiores. O caminho de volta é arrependimento, e o retorno à pratica de oração. Oração é reconciliação com Deus. Quem ora sinceramente, experimenta relacionamento com o Senhor. Jonas não orou porque quebrou este relacionamento com o seu pecado. Pecado e oração lutam um contra o outro. É preciso escolher de que lado ficar.

DESAFIO DE HOJE: Ore ao Senhor. Como disse o capitão do navio a Jonas, eu digo a mim mesmo e aos irmãos. Não fique aí dormindo. Levante e ore ao Senhor. Uma vez que o pecado é a única ação que nos impede o relacionamento com Deus. Peça ao Senhor que lhe mostre o que deve ser abandonado. Arrependa-se. Clame por seu livramento. Deus é fiel e justo para nos perdoar o pecado e nos purificar de toda injustiça. Com seu relacionamento com Deus restaurado, uma consequência natural será seu interesse pelos outros. Intercessão será uma realidade na sua vida. Vamos experimentar isso? Deus lhe dê um dia abençoado. Amém.

Deixe seu comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *