Vivendo o autocontrole

Tito 2.6

“Da mesma maneira, encoraje os jovens a serem prudentes”.

 

               

                O grande peso sobre os ombros dos pais é a educação de seus filhos para a vida. Pais cristãos estão sempre preocupados se seus filhos seguirão os princípios bíblicos capazes de moldá-los no caráter e nas ações, evitando o pecado e trazendo glória a Deus.

                Dentre os assuntos que mais preocupam pais cristãos, um tema recorrente é se seus filhos se portarão decentemente e conseguirão controlar seus impulsos diante das possibilidade e fortes tentações que o pecado sexual apresenta.

                A orientação bíblica para sexo é que ele é uma bênção de Deus dentro do contexto do casamento. Qualquer ação sexual fora do contexto do casamento bíblico – um só homem e uma só mulher até que a morte os separe – será sempre vista por Deus como atitude pecaminosa.

                No capítulo 2 de Tito, Paulo ensina a este jovem pastor, as orientações que ele deveria repassar à sua igreja sobre prática de vida, prática de conduta, que fossem perfeitamente alinhadas com a doutrina bíblica que receberam.

                Paulo inicia o capítulo afirmando a Tito que falasse o que convém a sã doutrina. Ao contrário do que outros ensinavam, Tito, servo do Senhor, não pode ensinar uma prática de vida contrária às Escrituras. Aqui está implícito que as ações práticas de nossas vidas estão intimamente relacionadas com a teologia ou doutrinas bíblicas que abraçamos no coração e que nelas cremos. O que creio será o que vivo. Nem sempre o que digo é o que eu vivo, mas sempre o que, de fato creio, será o que de fato farei. Valores declarados nem sempre são valores vividos. Vivemos o que, de fato, cremos.

                Depois de orientar como as pessoas mais velhas deveriam agir, Paulo fala dos jovens. E sua única apreensão é que os jovens sejam prudentes. Este era o conselho que Tito deveria repassar aos jovens. Ser prudentes. O que isso significa? A palavra traduzida por PRUDENTE, tem muito a dizer. Sua tradução poderia incluir: ter mente sã, frear as próprias paixões, exercer autocontrole.

                Posso afirmar que viver para a glória de Deus não é fácil. O Evangelho fácil e mágico não é o da Bíblia. O Evangelho da Bíblia exige santidade, um padrão moral elevado. As três possíveis traduções da palavra pode nos ajudar a estabelecer as bases para vencermos as tentações sexuais, os pecados que tão de perto nos rodeiam.

                Primeiro, ter mente sã. Mentalidade saudável é a mentalidade guiada pela Bíblia. Paulo sempre soube que a fé cristã é extremamente racional. Por isso ensinou em Rm 12.2, não vivam como este mundo vive, mas sejam transformados renovando a maneira de pensar. A outra possível tradução é: frear as próprias paixões. A cada dia estamos vendo as pessoas se entregando às paixões. As paixões aqui são os desejos, os impulsos. Nos últimos anos, cada dia vemos nossos adolescentes se perdendo em seus desejos sexuais. Nas fotos dos nossos meninos e meninas, atitudes, poses, temas, gestos, que lembram algum tipo de sensualidade, às vezes de perversidade. Expressões como ficar sexy, sensual, são banalizadas como coisas boas, quando na verdade é a exposição do corpo para uso sexual indiscriminado e pecaminoso, embora, em princípio, possa até ter sido outra a intenção. Se as paixões não são controladas, o resultado será pecaminoso. Por isso, a terceira possível tradução nos traz grande ajuda, pois fala de: exercer autocontrole. Foi Paulo quem escreveu a carta aos Gálatas. E lá, no capitulo 5, ele registrou o fruto do Espírito, que inclui o autocontrole ou domínio próprio. Assim, exercer o auto controle indica que tal pessoa é submisso à vontade de Deus, e a influência do Espírito Santo.

                Parafraseando Tito 2.6 com as possíveis traduções da palavra moderado, poderíamos dizer: “Tito, da mesma maneira, recomenda com insistência aos jovens a que tenham uma mentalidade biblicamente saudável, freiem suas paixões, seus impulsos e desejos sexuais, e que saibam se auto controlar, permitindo que o Espírito Santo seja sua motivação”.

                Desafio de Hoje: Ore a Deus para que sua vida seja autocontrolada. Se até agora você tem falhado, arrependa-se e clame pelo perdão de Deus, Ele vai perdoá-lo.

Ore e peça a Deus para que lhe ajude a frear desejos, paixões, impulsos, evitando o pecado e glorificando a Cristo em suas atitudes. Seja você solteiro ou casado, todos precisamos de autocontrole e de estar vigilantes contra o pecado.

                Agradeça a Deus em oração, porque em Cristo, você tem o Espírito Santo, e escolhendo ser submisso sempre terá vitórias constantes. Deus lhe dê mais um dia e que ele seja um dia vitorioso. Amém?

Deixe seu comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *