Efésios 1.3-14 AS VERDADEIRAS BÊNÇÃOS DE DEUS

AS VERDADEIRAS BÊNÇÃOS DE DEUS

Série: Efésios – Quem sou e como devo agir – Pastor Joaquim José da Costa Dias – Ibasc – 10/03/2014

INTRODUÇÃO:

Hoje que falar com você sobre as verdadeiras bênçãos de Deus. Mas antes de lermos o texto, preciso perguntar: Você se sente abençoado? Deixe-me contar uma história: Certa vez uma pessoa procurou um pastor para pedir-lhe ajuda. Ele precisava dar o aviso a um membro da igreja, que havia sido contemplado com uma grande fortuna.

– Aqui está o testamento, mas não posso dar a notícia. Ele sofre do coração. O senhor pode fazer isso?

– Oh! Sim, com certeza – disse o pastor, sem saber como agiria.

Após tomar conhecimento do fato, o pastor começou a se preocupar, mas   foi procurar o contemplado, pensando em como dar a notícia sem causar a morte daquele irmão. Ao encontrar-se com ele, depois de fazer comentários sobre outros assuntos, já com o seu coração acelerado, o pastor tomou a iniciativa e lascou:

— Se o irmão recebesse hoje 2 milhões de dólares, o que faria?

O irmão pensou, pensou, pensou, deixando o pastor numa expectativa que chegava a corroer por dentro…

— Bem, daria a metade ao senhor — respondeu o premiado.

O pastor caiu morto.

 

                Todos nós fomos ensinados que bênção é ter dinheiro. Mas Jesus afirmou que “Por que onde estiver o vosso tesouro, aí estará também o vosso coração” (Mateus 6.21)

                Hoje, vamos aprender na Bíblia que temos tesouros maiores do que o dinheiro possa comprar e que há mais valor no eterno, do que nas coisas temporais. Vamos ler o texto?

 

Efésios 1.3-14

3 Bendito seja o Deus e Pai de nosso Senhor Jesus Cristo, que nos abençoou com todas as bênçãos espirituais nas regiões celestiais em Cristo.

4 Porque Deus nos escolheu nele antes da criação do mundo, para sermos santos e irrepreensíveis em sua presença.

5 Em amor nos predestinou para sermos adotados como filhos por meio de Jesus Cristo, conforme o bom propósito da sua vontade,

6 para o louvor da sua gloriosa graça, a qual nos deu gratuitamente no Amado.

7 Nele temos a redenção por meio de seu sangue, o perdão dos pecados, de acordo com as riquezas da graça de Deus,

8 a qual ele derramou sobre nós com toda a sabedoria e entendimento.

9 E nos revelou o mistério da sua vontade, de acordo com o seu bom propósito que ele estabeleceu em Cristo,

10 isto é, de fazer convergir em Cristo todas as coisas, celestiais ou terrenas, na dispensação da plenitude dos tempos.

11 Nele fomos também escolhidos, tendo sido predestinados conforme o plano daquele que faz todas as coisas segundo o propósito da sua vontade,

12 a fim de que nós, os que primeiro esperamos em Cristo, sejamos para o louvor da sua glória.

13 Nele, quando vocês ouviram e creram na palavra da verdade, o evangelho que os salvou, vocês foram selados com o Espírito Santo da promessa,

14 que é a garantia da nossa herança até a redenção daqueles que pertencem a Deus, para o louvor da sua glória.

GRANDE IDEIA: Por meio de Cristo recebemos de Deus todas as bênçãos que precisamos.

INTRODUÇÃO:

 

                Vimos no sermão passado que nossa posição em Cristo deve moldar nosso modo de agir. Também vimos que saber quem somos e como devemos agir é a mensagem principal de toda Epístola aos Efésios.

                Nos primeiros 3 capítulos da Carta, Paulo está nos ensinando quem somos. E hoje descobriremos que somos pessoas ricamente abençoadas por Deus. Por meio de Jesus Cristo, recebemos de Deus todas as bênçãos que precisamos. Hoje você será desafiado a colocar seu tesouro nas coisas espirituais e ali colocar também o seu coração.

                No versículo 3, parece que Paulo falava quase que sem respirar, num estado de adoração a Deus, em que posso imagina-lo andando de um lado para outro, louvando a Deus de forma entusiasmada e cheio de alegria, falando das bênçãos que Deus nos concedeu em Cristo. E nos versos seguintes, temos 5 bênçãos que alistei e que gostaria de compartilhar com você agora:

1ª BÊNÇÃO: FOMOS ESCOLHIDOS

4 Porque Deus nos escolheu nele antes da criação do mundo, para sermos santos e irrepreensíveis em sua presença.

11 Nele fomos também escolhidos, tendo sido predestinados conforme o plano daquele que faz todas as coisas segundo o propósito da sua vontade,

12 a fim de que nós, os que primeiro esperamos em Cristo, sejamos para o louvor da sua glória.

                Paulo inicia sua lista de bênçãos de Deus afirmando que fomos escolhidos por Deus. E não há alegria maior do que esta. Ser escolhido faz com que a gente se sinta bem. Lembro-me que, na escola, havia a divisão da turma em grupos. Era uma sensação muito boa quando alguém acenava pra gente e dizia: quer fazer parte do nosso grupo?

                Ser escolhido é uma experiência maravilhosa! Mas há algumas questões que Paulo fez questão de registrar nos versos que tornam a nossa escolha por Deus mais especial ainda.

  1. 1)Quem nos escolheu – Paulo afirma que foi Deus mesmo quem nos escolheu. Não foi uma professora ou um amigo. Foi o próprio Deus, o criador de todas as coisas visíveis e invisíveis. Ele nos escolheu.
  2. 2)O motivo da escolha – Paulo afirma que Deus nos escolheu “nele”. Se você contar, do verso 3 até ao 14, há doze referências à pessoa de Jesus Cristo. A palavra “nele” quer dizer, Cristo. Fomos escolhidos por causa de Jesus Cristo e do que ele fez por nós.
  3. 3) Quando fomos escolhidos? Paulo afirma que isto aconteceu antes da criação do mundo. Na eternidade Deus já havia decidido nos escolher.
  4. 4)A finalidade da escolha:
    1. a.V. 4. Para sermos santos e irrepreensíveis em sua presença. Temos um alvo maravilhoso de vida nestas palavras. Deus espera que nosso coração, comportamento, atitudes, tudo seja transformado pelo fato de termos sido escolhidos.
    2. b.V. 11,12 – Também fomos escolhidos para um destino, ser para o louvor da glória de Deus. Paulo afirma que segundo o plano eterno de Deus, ele nos predestinou para isso.

                Este é só o início das muitas bênçãos que Deus nos tem dado. Ser escolhido por Deus é realmente maravilhoso.

                Mas há outra bênção que Deus nos deu em Cristo.

2º bênção: Fomos adotados.

5 Em amor nos predestinou para sermos adotados como filhos por meio de Jesus Cristo, conforme o bom propósito da sua vontade,

6 para o louvor da sua gloriosa graça, a qual nos deu gratuitamente no Amado.

                Outra bênção maravilhosa foi a adoção que recebemos. Isto também explica o fato de Deus nos escolher. Ele nos queria numa relação mais íntima do que apenas a de Deus e suas criaturas. Ele nos queria tratar como filhos, como semelhantes a ele e não como os demais seres vivos.

                Esta adoção foi possível pela obra de Jesus. Observe que tudo que temos nos é concedido por meio de Cristo. É sua morte na cruz, levando sobre si todos os nossos pecados e toda ira de Deus, que nos proporcionou esta bênção de sermos reconhecidos como filhos de Deus. Paulo afirma que tudo isso fez parte do plano de Deus, da sua vontade de nos tornar semelhantes a Jesus. Fomos adotados para o louvor da sua gloriosa graça, que ele nos deu de graça em Cristo (no Amado).

                É importante pensar aqui na condição do adotado. Ele não é gerado pelo Pai, como Jesus era. Mas se torna herdeiro, filho legítimo pela força da lei. É alguém que deverá receber o amor do Pai, mas também todos os direitos legais como filho.

                Irmãos e amigos, esta condição de adotados como filhos de Deus, por meio de Cristo é uma bênção maravilhosa! Tem um valor inestimável! Por meio da adoção, tudo que Deus deu a seu filho Jesus, está à nossa disposição.

                Somos dele por criação e por filiação. Agora seus filhos, podemos ter uma relação de intimidade com Deus, nosso pai. Isto não significa que podemos agir de qualquer jeito, pelo contrário, significa que precisamos amar, honrar e respeitar o nosso pai, mais do que isso, temos que demonstrar nossa gratidão, afinal ele nos escolheu e nos deu uma família. Não somos mais como pessoas abandonadas, sem teto ou destino. Sabemos quem somos, sabemos para onde estamos e para onde vamos. Louvado seja Deus por esta bênção da adoção em Cristo Jesus.

                Mas as bênçãos continuam.

3ª bênção: Recebemos a redenção

7 Nele temos a redenção por meio de seu sangue, o perdão dos pecados, de acordo com as riquezas da graça de Deus, 8 a qual ele derramou sobre nós com toda a sabedoria e entendimento.

9 E nos revelou o mistério da sua vontade, de acordo com o seu bom propósito que ele estabeleceu em Cristo, 10 isto é, de fazer convergir em Cristo todas as coisas, celestiais ou terrenas, na dispensação da plenitude dos tempos.

                Redenção é uma palavra muito importante que precisamos sempre nos lembrar dela. Esta palavra, segundo os dicionários, tinha a ver com o ato de soltura de um escravo mediante o pagamento de um preço, uma situação muito comum nos tempos do Novo Testamento. O que Paulo está dizendo é que nós estávamos escravos do pecado e que Cristo pagou o preço para nos libertar, nos redimir. Este preço foi o seu sangue derramado na cruz. As riquezas de Deus estão na sua graça, em nos fazer este favor sem que mereçamos. Paulo diz que ele derramou estas riquezas sobre nós com toda a sabedoria e entendimento.

                Agora, por meio de Cristo, o mistério da sua vontade nos é revelado. Segundo o propósito de Deus, todas as coisas, celestiais ou terrestres, se convergem, ou seja, caminham para a mesma direção, que é Jesus Cristo. Ele de fato se tornou o caminho, a verdade e a vida. Ele é o único caminho para o qual toda a humanidade, os anjos, os demônios, a criação, os céus e a terra, terão que prestar contas. Tudo existe por meio de Jesus. Este é o tempo, a dispensação, em que Cristo é Senhor sobre todas as coisas e nós devemos nos submeter à sua direção.

4ª benção: Temos garantia de herança.

13 Nele, quando vocês ouviram e creram na palavra da verdade, o evangelho que os salvou, vocês foram selados com o Espírito Santo da promessa,

14 que é a garantia da nossa herança até a redenção daqueles que pertencem a Deus, para o louvor da sua glória.

                Nos dois últimos versículos, Paulo nos afirma que fomos selados com o Espírito Santo da promessa. Ele afirma que recebemos o Espírito Santo quando ouvimos e cremos na Palavra da Verdade, que é o Evangelho que nos salvou.

                O selo, nos templos bíblicos, era a marca de propriedade que alguém utilizava para garantir a autenticidade dos documentos. Assim como se marca o boi, numa fazenda, e ninguém pode reivindicar sua propriedade, a não ser que o dono resolva vender. Paulo afirma que o espírito santo é a marca de Deus em nós, desta forma, ninguém pode nos tirar da mão dele, a não ser que ele não nos queira. E como diz as escrituras, disse Jesus: “todo aquele que vem a mim, de maneira nenhuma o lançarei fora”.

                Paulo também afirma que o Espírito Santo que recebemos no ato da nossa salvação, é também a garantia de nossa herança. Nas versões mais antigas aparece a palavra penhor. A ideia é que Deus deu o sinal, a primeira prestação da herança que nos está reservada no céu, e que é a prova de que Deus nos dará muito mais quando formos habitar com ele no céu.

                Para o louvor da glória de Deus é que recebemos esta herança. Hoje já somos abençoados, e seremos muito mais no céu, na eterna presença do Senhor.

CONCLUSÃO:

                Por meio de Cristo recebemos de Deus todas as bênçãos que precisamos. Fomos escolhidos, adotados, recebemos a redenção e temos garantia de herança    Quando falar em bênção novamente, lembre-se de que Deus já nos abençoou com toda sorte de bênção nas regiões celestiais. Naquele espaço onde Cristo reina soberanamente. E onde Deus está agindo poderosamente em nosso favor.

                Lembre-se de quem você é em Cristo e como sua vida é abençoada por Ele. Deus o pai, nos escolheu e nos adotou, por causa da redenção, do livramento que Jesus nos deu na cruz, e hoje, com o Espírito Santo morando em nosso coração, temos a certeza da nossa herança, ou seja, de muito mais que Deus tem para nos conceder por meio de Cristo.

                Assim, não se esqueça: é Por meio de Cristo que recebemos todas as bênçãos que precisamos.

                Se você não é um cristão, precisa dar este primeiro passo. Arrepender-se e crer em Cristo, recebendo-o como salvador, para que sua vida seja salvo, você se torne filho de Deus e tenha o Espírito Santo, como garantia da herança do Pai.

4 comentário em “Efésios 1.3-14 AS VERDADEIRAS BÊNÇÃOS DE DEUS

Deixe seu comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *