1 Coríntios 7.25-40 Solteiro ou Casado – Vivendo para o Serviço do Senhor.

SOLTEIRO OU CASADO > VIVENDO PARA O SERVIÇO DO SENHOR

Pr. Joaquim José da Costa Dias

Texto: 1 Coríntios 7.25-40

25 ¶ Para os solteiros, eu não tenho nenhum mandamento do Senhor; porém dou a minha opinião como uma pessoa que, pela misericórdia do Senhor, merece confiança.

26  Por causa dos tempos difíceis em que vivemos, eu penso que é melhor para o homem ficar como está.

27  Você tem esposa? Então não procure se separar dela. Você é solteiro? Então não procure esposa.

28  Porém, se você casar, não estará cometendo pecado. E, se uma moça solteira casar, também não estará cometendo pecado. Mas eu gostaria de poupar vocês dos problemas de cada dia que terão na vida de casados.

29  Irmãos, o que eu quero dizer é isto: não nos resta muito tempo, e daqui em diante os casados devem viver como se não tivessem casado;

30  os que choram, como se não estivessem chorando; os que estão rindo, como se não estivessem rindo; os que compram, como se não fosse deles aquilo que compraram;

31  os que tratam das coisas deste mundo, como se não estivessem ocupados com elas. Pois este mundo, como está agora, não vai durar muito.

32  Eu quero livrá-los de preocupações. O solteiro se interessa pelas coisas do Senhor porque quer agradá-lo.

33  Mas o homem casado se interessa pelas coisas deste mundo porque quer agradar a sua esposa

34  e por isso é puxado para duas direções diferentes. Quanto às mulheres, tanto as viúvas quanto as solteiras, elas estão interessadas nas coisas do Senhor porque querem se dedicar de corpo e alma a ele. Mas a mulher casada se interessa pelas coisas deste mundo porque quer agradar o marido.

35  Eu estou dizendo isso porque quero ajudá-los. Não estou querendo obrigar ninguém a nada. Pelo contrário, quero que façam o que é direito e certo e que se entreguem ao serviço do Senhor com toda a dedicação.

36 ¶ Aos que ficaram noivos, mas resolveram não casar mais, eu digo o seguinte: se o rapaz sente que assim não está agindo certo com a sua noiva e acha que a sua paixão por ela ainda é muito forte e que devem casar, então que casem. Não existe pecado nisso.

37 Mas se, pelo contrário, o rapaz não se sente na obrigação de casar, se está mesmo resolvido a ficar solteiro e se é capaz de dominar a sua vontade e já resolveu o que deve fazer, então faz bem em não casar com a moça.

38 Assim quem casa faz bem, mas quem não casa faz melhor ainda.

39 ¶ A mulher não está livre enquanto o seu marido estiver vivo. Caso o marido morra, ela fica livre para casar com quem quiser, contanto que case com um cristão.

40 Porém ela será mais feliz se ficar como está. Essa é a minha opinião, e eu acho que também tenho o Espírito de Deus.

INTRODUÇÃO:

 

                Os versos finais do capítulo 7 trazem orientações do apóstolo Paulo para três grupos distintos, conforme o Comentário Moody – são eles: 1) os jovens solteiros (vs. 25-35); 2) os pais (vs. 36-38); 3) as viúvas (vs. 39-40). A seção está demarcada por duas declarações referentes à autoridade do autor (vs. 25, 40). O ponto comentado no parágrafo é o seguinte: O celibato, ou seja, o não casamento para servir ao Senhor, é desejável, mas não é exigido.

                Na opinião de Paulo, quando a pessoa não se casa ela poderá servir muito mais a Deus, pois não estará presa às responsabilidades domésticas. Desta forma, Paulo vai sugerir em todo tempo que as pessoas, devido à aproximação da volta de Jesus, estivessem dedicando mais tempo na evangelização do mundo e no serviço cristão.

                Mas está em foco o fato de que, solteiros ou casados, todos temos uma responsabilidade cristã nos serviço ao Senhor. Vejamos 3 das orientações do apóstolo.

  1. 1)Solteiro ou casado – todos devemos nos dedicar a Deus.

                O serviço ao Senhor, por meio da igreja, é sempre algo que deve estar no coração de todo crente. Cada cristão, transformado por Jesus, deve dedicar-se na tarefa da evangelização, companheirismo cristão, edificação dos irmãos e assim por diante.

                É fato conhecido que uma pessoa solteira pode dedicar mais tempo às atividades da igreja e, provavelmente, terá que dar menos explicações ou satisfações pelo que faz e a menos pessoas.

                Deus deseja que a gente o sirva e não podemos deixar de fazer isto. Mas Paulo está afirmando que quando somos casados estamos divididos na atenção. Damos atenção a Deus, quando o servimos na igreja, mas também temos que dar atenção à nossa família.

                Nos versículos 26 e 28, Paulo afirma que vivemos tempos difíceis e que os casados tem mais responsabilidades ainda que uma pessoa solteira, portanto, mais coisas para pensar e fazer, além daqueles estabelecidas por Deus para sua igreja.

                Nos versículos 29 a 35, Paulo reflete uma ideia comum de sua época, que era a volta iminente de Jesus Cristo para aqueles dias. Assim sendo, os crentes devem fazer suas atividades, mas sempre dando mais atenção as coisas de Deus. O que Paulo ensina é: coloque Deus como prioridade em suas vidas sejam solteiros ou casados.

  1. 2)Que casa faz bem, quem não casa faz melhor.

                Nos versículos 36 a 38, temos uma divergência nas traduções da Biblia. Nas versões tradicionais, é traduzido como se Paulo desse conselho aos pais, cujas filhas solteiras, virgens, quisessem se casar ou decidissem não se casar para servirem ao Senhor. Mas o texto também admite a situação de jovens solteiros que, depois de noivos, decidiram não se casar para servirem ao Senhor.

                Seja como for, o conselho de Paulo é que casar é algo divino e muito bom, é verdadeiramente um dom de Deus e não é pecado, sendo, até pelo contrário, uma ação de obediência à Deus para os que tem esse dom, e que podem, mesmo casados, servirem ao Senhor com certa dedicação. Mas também, está incluso que quem não se casa, toma uma melhor atitude, se o motivo do seu coração for sempre o serviço a Deus.

                Para o Novo Comentário da Bíblia, “Este não é tempo de cuidar das coisas do mundo (33-34) e de dar primazia à mulher ou ao marido, como fazem as pessoas casadas. Trabalho pioneiro muitas vezes demanda sacrifícios especiais, havendo ainda tarefas, no campo missionário da atualidade, que só podem ser executadas por pessoas livres de laços ou responsabilidades de família”. Por isto quem não casa faz melhor, uma vez que está livre para trabalhar na causa do mestre Jesus Cristo.

                Mas se temos missionários que são casados e fazem excelente trabalho, Paulo deixa claro, se casa faz bem, se não casa faz melhor.

                Lembre-se: este pensamento está sempre focando o serviço cristão e nunca pode ser entendido ou defendido para coisas que não são espirituais. Aqui parece um eco das palavras de Paulo em Colossenses 3.2 “Pensai nas coisas que são de cima”.

  1. 3)Novo casamento – no padrão de Deus apenas depois que a morte os separou.

O Novo Comentário da Bíblia diz que “A seção conclui respondendo outra pergunta a respeito de novo casamento das viúvas. Enquanto o marido vive, a mulher está ligada a ele. É esta a posição legal, e presumivelmente se estende ao caso da separação sugerida no vers. 15. Mas, se o marido morre, a mulher fica livre para casar de novo”.

Segundo estes últimos versículos, o novo casamento é permitido apenas quando o marido ou a esposa morre. Sabemos que o mundo em que vivemos hoje já elegeu para si soluções legais que contrariam os princípios da Bíblia. No entanto, o que Deus disse, não podemos deixar de pregar.

Mas se um dos cônjuges morre e outro está livre para casar, e isto inclui até mesmo os que estão separados. Contudo, mesmo que estejam livres para um novo casamento, ainda assim, “não se deve precipitar. Seu novo casamento deve ser feito no Senhor (39)”. Aqui, a ideia é que se deve casar com um cristão. Ou seja, se já está livre para um novo casamento, não cometa o erro de se casar com alguém que não professa a mesma fé, alguém que ainda não nasceu de novo em Jesus Cristo.

Para Paulo é mais feliz quem, uma vez viúvo ou separado, fica sozinho e vive para o Senhor.

Conclusão:

                De tudo que lemos e ouvimos nesta oportunidade, fica o resumo de Paulo, melhor do que um casamento é ter disponibilidade para o serviço de Deus. Se você consegue viver sem um casamento para se dedicar ao serviço cristão, faça isto, é melhor. Mas se você decidiu se casar, não se separe do seu cônjuge, e faça um esforço para dedicar suas vidas conjuntamente ao serviço a Jesus, através de sua igreja.

                Que Deus nos abençoe e nos ajude a ser produtivos na obra do mestre. Amém.

2 comentário em “1 Coríntios 7.25-40 Solteiro ou Casado – Vivendo para o Serviço do Senhor.

Deixe seu comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *